Exportação da Fíbria cresce 9,6% e Suzano 8,5% em julho

As exportações da Fibria e da Suzano Papel e Celulose apresentaram desempenho semelhante em julho, segundo dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). As vendas externas da Fibria cresceram 9,65% em relação a julho do ano passado e totalizaram US$ 142,138 milhões (preço FOB). A Suzano registrou alta de 8,51%, para US$ 107,772 milhões, o que representa o melhor resultado mensal da companhia desde dezembro de 2012.

ANDRÉ MAGNABOSCO, Agencia Estado

26 de agosto de 2013 | 11h05

No acumulado dos sete primeiros meses do ano, a Fibria continua a amargar queda das exportações. As vendas externas da companhia somaram US$ 900,775 milhões até julho, montante 4,94% inferior ao registrado no mesmo período de 2012. A Suzano, por outro lado, registrou expansão de 8,29% nas exportações no mesmo período, para um total de US$ 724,549 milhões. As duas empresas aparecem na lista das 40 maiores exportadoras do País, ocupando a 26ª e a 29ª posições.

Tudo o que sabemos sobre:
FibriaSuzanoexportações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.