Exportações do complexo soja recuaram em junho, aponta Secex

São Paulo, 2 - As exportações brasileiras de soja em grão, farelo e óleo caíram em junho na comparação com maio, mas aumentaram quando comparadas ao mesmo período de 2006, Secretaria de Comércio Exterior (Secex), de acordo com informações do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.Os embarques de grão aumentaram 33,4% para 3,074 milhões de toneladas em junho na comparação com o mesmo período do ano passado, quando 2,3 milhões de toneladas foram embarcadas. Houve queda 2,5% com relação a maio, quando 3,152 milhões de toneladas foram exportadas. Os dados divulgados hoje.O preço médio da tonelada de grão ficou em US$ 266 em junho, ante US$ 262 em maio e US$ 223 em junho do ano passado. A receita das exportações do grão atingiu US$ 817,4 milhões, ante US$ 825,7 milhões em maio e US$ 513,3 milhões em junho de 2006.As vendas de farelo também cresceram ante 2006, mas caíram ante maio. De acordo com a Secex, foram exportadas 1,195 milhão de toneladas do produto, ante US$ 1,387 milhão de toneladas em maio e 846,3 mil toneladas em junho do ano passado. O valor médio da tonelada exportada foi de US$ 214,7 em junho, US$ 211,4 em maio e US$ 188,3 em junho de 2006.Quanto ao óleo de soja, as exportações totalizaram 169,5 mil toneladas em junho, ante 211,2 mil toneladas em maio e 129,4 mil em junho do ano passado. O preço médio da tonelada subiu para US$ 681,8 em junho, ante US$ 633,6 em maio e US$ 481,5 em junho/06.

Ana Conceição

15 de julho de 2007 | 13h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.