Fabricante de chocolates Lindt faz jogada surpresa por Russell Stover, dos EUA

A fabricante suíça de chocolates Lindt & Spruengli divulgou ter fechado a compra do negócio norte-americano de doces Russell Stover, ampliando sua presença no maior mercado de chocolate do mundo

REUTERS

14 de julho de 2014 | 09h14

A fabricante suíça de chocolates Lindt & Spruengli divulgou ter fechado a compra do negócio norte-americano de doces Russell Stover, de controle familiar, ampliando sua presença no maior mercado de chocolate do mundo.

A Lindt não revelou o preço da aquisição, que transforma a empresa na terceira maior fabricante de chocolate nos Estados Unidos, atrás da Hershey e da Mars, e que permite a diversificação adicional de suas atividades para além do mercado europeu, onde obtém a maior parte de suas vendas.

A Russell Stover é a terceira maior empresa de doces dos EUA em vendas, com faturamento anual de cerca de 500 milhões de dólares.

"Esta é a maior e mais importante aquisição estratégica até agora na história da Lindt & Spruengli, e é uma oportunidade única para que ampliemos nosso negócio de chocolate na América do Norte", disse o presidente do Conselho e presidente-executivo da companhia, Ernst Tanner, em um comunicado.

Em março, a fabricante das bolinhas de chocolate Lindor havia dito que suas vendas na América do Norte devem ultrapassar a marca de 1 bilhão de dólares neste ano. Com o acréscimo da Russell Stover, as vendas na região devem superar 1,5 bilhão de dólares em 2015, disse a companhia.

O analista Jon Cox, da Kepler Cheuvreux, ficou surpreso, dizendo que esperava que qualquer negócio surgisse em um grande mercado emergente, como a Rússia ou o Brasil, em vez de nos EUA, onde a Lindt comprou a Ghirardelli em 1998, sua última grande aquisição.

(Por Caroline Copley)

Tudo o que sabemos sobre:
ALIMENTOSLINDTSPRUENGLRUSSELLSTOVER*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.