Falta de chuvas pode prejudicar floradas de café em Minas Gerais

Belo Horizonte, 24 - A ausência de chuvas na região sul de Minas poderá afetar o pagamento das floradas que estão próximas da abertura em algumas lavouras. Segundo o engenheiro agrônomo Leonardo Bíscaro Japiassu, da Estação de Avisos Fitossanitários do Ministério da Agricultura em Varginha, o baixo volume de precipitações que atingiu a região nos últimos dias chegou a provocar a formação dos botões florais. Entretanto, como algumas propriedades ainda não terminaram a colheita e as previsões são de poucas chuvas até o fim do mês, as perspectivas são de que as flores poderão ser abortadas. Segundo ele, outros fatores que estão prejudicando a situação dos cafezais são a elevada amplitude térmica (diferença entre a mínima e a máxima temperatura ao longo de um dia) e a carga alta das lavouras na safra que acaba de ser colhida aliada à falta de tratos culturais. Conforme o agrônomo, as condições climáticas este mês seriam mais comuns no mês de agosto. "É como se o clima estivesse um mês atrasado, já que em agosto as temperaturas começam a se elevar, mas ainda não há chuvas", avaliou. Caso as precipitações voltem a cair, as floradas poderão ser melhor aproveitadas. (segue)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.