FAO/OIE: epidemia de gripe aviária é "crise de importância global"

São Paulo, 28 - A epidemia de gripe aviária que atinge a Ásia é uma "crise de importância global" alertaram a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e a Organização Internacional de Saúde Animal (OIE) em comunicado conjunto divulgado hoje. Os surtos da doença registrados mais recentemente na China, Vietnã, Camboja, Malásia e Tailândia mostram que a região ainda está contaminada com o vírus e que provavelmente não será erradicado no curto prazo, de acordo com as entidades. Segundo a FAO, "a permanente ameaça à saúde humana e animal continua a existir na região". O Departamento de Controles de Doença da Tailândia confirmou hoje a morte da 10ª vítima da doença no país. O governo também confirmou que a filha e a sobrinha da mulher apresentam sintomas da doença. A notícia aumentou os temores de que a doença possa ser transmitida entre humanos. Desde o primeiro surto no Sudeste Asiático, porém, as vítimas foram todas contaminadas pelo contato com aves infectadas. A preocupação dos cientistas é de que a doença se torne uma epidemia global, se espalhando rapidamente pelo mundo. A influenza aviária já causou a morte de 10 pessoas a Tailândia e 19 no Vietnã. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.