Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Daniel Teixeira/AE
Daniel Teixeira/AE

Faturamento do comércio de SP no Natal 2011 sobe 3,4%

Segundo pesquisa da Fecomercio-SP, contratação de funcionários temporários e reposição de estoques motivaram o bom desempenho das vendas

Agência Estado,

27 de dezembro de 2011 | 17h50

SÃO PAULO - O faturamento do comércio paulistano neste Natal aumentou 3,4% em relação à mesma data de 2010, informou nesta terça-feira, 27, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP) em sua Sondagem de Vendas pós-Natal. O bom desempenho nas vendas foi motivado, segundo a entidade, pelo reforço dos empresários na reposição dos estoques e pela contratação de funcionários temporários.

Das 43,6% das empresas que contrataram temporários para o fim de ano, metade empregaram cinco ou mais pessoas. De acordo com a Fecomercio-SP, os funcionários temporários têm grandes chances de permanecer na vaga após o período do Natal: 94,4% das empresas costumam contratar seus interinos. Outro sinal de ânimo do empresário paulistano em relação ao Natal deste ano veio dos níveis de estoque. De acordo com a sondagem, 33% dos comerciantes adquiriram mais produtos e 52,1% compraram a mesma quantidade em comparação ao ano passado.

Cartão 

A pesquisa mostra ainda que o cartão de crédito seguiu na liderança entre os meios de pagamento mais utilizados pelo consumidor. Mais da metade, ou 58,4%, usaram o cartão de crédito para fazer suas compras neste Natal. Em seguida aparecem as compras à vista por meio de dinheiro, cheque ou cartão de débito (28,4%), os carnês (9,4%) e os cheques pré-datados (3,8%).

Tudo o que sabemos sobre:
faturamentocomércionatal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.