FCC transportará componentes para porto de Eike

A empresa de infraestrutura espanhola FCC disse que está se preparando para transportar cinco blocos enormes de concreto através do Oceânico Atlântico para serem usados como bases da construção do Porto do Açu, que será construído pela LLX Logística, uma empresa controlada pelo bilionário brasileiro Eike Batista.

Agencia Estado

16 de abril de 2013 | 14h13

Os cinco blocos de concretos serão carregados em um navio semissubmersível para a viagem de 15 dias por cerca de 7.960 quilômetros através do Oceano Atlântico a partir de Espanha, afirmou a FCC. Quando os cinco blocos estiverem instalados, formando uma barreira contra água temporária, dois navios que produzem blocos serão ancorados, segundo a empresa.

A FCC lidera o consórcio que está construindo Açu, que deverá se tornar o terceiro maior porto do mundo e o maior das Américas após sua conclusão, com uma capacidade anual de 350 milhões de toneladas.

Os blocos retangulares têm um volume de 3.722 metros cúbicos de concreto e pesam 9.871 toneladas, afirmou a empresa em um comunicado. A FCC afirmou que está construindo um total de novos blocos na Espanha e outros 40 serão construídos pelas embarcações em Açu. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
FCCPorto do Açutransporte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.