Femsa tem lucro líquido 25% maior no 3o tri por refrigerantes

A gigante mexicana Femsa, dona da Kaiser no Brasil, anunciou nesta quarta-feira lucro líquido 25 por cento maior no terceiro trimestre, ajudada por fortes resultados da unidade de refrigerantes.

REUTERS

28 de outubro de 2009 | 12h06

A Femsa, uma das maiores engarrafadoras da América Latina, informou que o lucro líquido majoritário atingiu 2,521 bilhões de pesos (187 milhões de dólares) no período de julho a setembro, contra 2,020 bilhões de pesos um ano antes.

A receita da companhia aumentou 21 por cento, para 50,647 bilhões de pesos, ancorada em um forte desempenho da unidade de engarrafamento, a Coca-Cola Femsa, cujas vendas subiram quase 32 por cento no período.

A rede de lojas de conveniência Oxxo continuou se expandindo ao redor do México em ritmo rápido, enquanto os volumes e as vendas na divisão de cervejas, a Femsa Cerveza, se recuperaram em relação ao trimestre anterior.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) saltou 25 por cento na comparação anual, para 9,805 bilhões de pesos.

Os resultados ficaram basicamente em linha com as expectativas de analistas.

(Reportagem de Cyntia Barrera Diaz)

Tudo o que sabemos sobre:
ALIMENTOSFEMSARESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.