FI-FGTS se torna sócio da OAS Óleo e Gás

O Fundo de Investimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FI-FGTS) se tornou sócio da OAS Óleo e Gás. O acordo, fechado na última segunda-feira, 14, prevê um aporte de até R$ 800 milhões na companhia, que será o veículo do grupo OAS para atuar no segmento de prestação de serviço de apoio às operações de exploração e produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos.

MÔNICA CIARELLI, Agencia Estado

16 de outubro de 2013 | 20h53

Em nota divulgada nesta quarta-feira, 16, a companhia não detalhou o acordo firmado com o FI-FGTS. Informou, porém, que a efetivação da transação depende da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Tudo o que sabemos sobre:
FI-FGTSOAS Óleo e Gás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.