Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Fiat contrata ex-Toyota, como executivo-chefe da marca

A montadora italiana Fiat contratou um executivo europeu da Toyota Motor para chefiar a marca no segmento de carros, em substituição a Lorenzo Sistino, que passará a supervisionar a expansão da companhia nos mercados emergentes e continuará do segmento de veículos comerciais leves.

RICARDO GOZZI, Agencia Estado

17 de setembro de 2010 | 16h39

A montadora, que está se preparando para cindir-se em duas diferentes companhias a partir de 1º de janeiro de 2011, nomeou Andrea Formica como executivo-chefe da marca Fiat, a maior das três marcas da empresa, segundo nota divulgada nesta sexta-feira.

Formica, de 49 anos, será responsável não apenas pelas vendas da Fiat, mas também pelos negócios das outras duas marcas da companhia: Lancia e Alfa Romeo.Além disso, ele supervisionará as vendas da Chrysler na Europa. A Fiat possui uma participação de 20% na Chrysler e a parceria com a montadora norte-americana permitirá à italiana expandir sua presença em mercados estrangeiros. Formica era vice-presidente de vendas, marketing, planejamento de produto e comunicação da Toyota Europa antes de sua mudança para a Fiat, que entra em vigor imediatamente.

Sistino, por sua vez, continuará à frente da Fiat Professional, que compreende os veículos comerciais leves da empresa, ao mesmo tempo em que assumirá a responsabilidade pela expansão dos negócios da Fiat em mercados emergentes como China, Índia e Rússia, onde a Fiat possui joint ventures com montadoras locais.

Na quinta-feira, em meio a rumores na mídia italiana segundo os quais Formica iria para a Fiat, o executivo-chefe da montadora, Sergio Marchionne, disse a jornalistas que a companhia passaria por algumas mudanças. Marchionne fez o comentário pouco depois de os acionistas da Fiat terem aprovado seu plano de separar a unidade de veículos de passeio das unidades de caminhões e tratores da Fiat. A cisão deve entrar em vigor em 1º de janeiro de 2011. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.