Fiat não pretende fechar fábrica na Itália, diz ministro

A Fiat não planeja fechar fábricas e demitir funcionários na Itália, segundo informou o ministro da Indústria do país, Flávio Zanonato, que se encontrou nesta sexta-feira com o executivo-chefe da montadora, Sergio Machionne. "Nós recebemos a confirmação do compromisso da Fiat com a Itália, a intenção de não fechar nenhuma fábrica no país, a manutenção da equipe nos níveis atuais, apesar da fase muito difícil no mercado automotivo no cenário nacional e europeu", disse o ministro em comunicado.

Agencia Estado

31 de maio de 2013 | 15h46

A reunião aconteceu após notícias de que a Fiat Industrial, que é uma empresa separada, pretende estabelecer no Reino Unido a sede de uma nova companhia que será criada após a compra da fatia que ainda não possui na sua subsidiária nos EUA, a CNH Global. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
FiatItáliaFlávio Zanonato

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.