Tasso Marcelo/Estadão
Tasso Marcelo/Estadão

Fibria lucrou 34% menos no ano passado

A queda no lucro ocorreu mesmo com um aumento de 22% na receita da empresa no ano, que atingiu R$ 11,7 bilhões

Fabiana Holtz, O Estado de S.Paulo

29 Janeiro 2018 | 23h24

A fabricante de celulose Fibria registrou lucro de R$ 280 milhões no quarto trimestre de 2017, revertendo prejuízo de R$ 92 milhões de igual período do ano anterior. No ano, o lucro líquido da gigante da celulose atingiu R$ 1,093 bilhão, queda de 34% frente a 2016.

As vendas líquidas do grupo somaram R$ 4,047 bilhões de outubro a dezembro do ano passado, alta de 60% frente ao mesmo intervalo de 2016. No ano, a receita atingiu R$ 11,739 bilhões, aumento de 22% na comparação anual.

++M. Dias Branco compra a Piraquê por R$ 1,5 bilhão para crescer no Sudeste

Os resultados divulgados pelo grupo impulsionaram o valor das ações da maior produtora de celulose de eucalipto do mundo, que encerraram em alta de mais de 5%. A empresa citou, em seu relatório, expectativa de aumento gradual na oferta de celulose nos primeiros meses de 2018, mas avaliou que o mercado global deve continuar equilibrado por conta da demanda forte em todos os mercados, em especial na China.

Dívida. A alavancagem da Fibria – medida pela relação dívida líquida e Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) – ficou em 2,49 vezes no quarto trimestre de 2017, recuo ante o trimestre anterior (3,24 vezes) e sobre o mesmo período de 2016 (3,06 vezes). A dívida líquida atingiu R$ 12,331 bilhões em dezembro do ano passado, aumento de 1% ante setembro de 2017 e de 8% se comparado a dezembro de 2016.

Mais conteúdo sobre:
Fibria Papel E Celulose

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.