Fipe: álcool forma metade da inflação de 0,46% em Ribeirão Preto

Ribeirão Preto, 9 - O álcool combustível foi o vilão da inflação de outubro em Ribeirão Preto (SP) e os sucessivos reajustes, no mês passado, contribuíram com metade do índice geral, de 0,46%, apontado no Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC/FIPE). De acordo com os dados divulgados há pouco, o preço do álcool combustível subiu um total de 18,28% em outubro nos postos da cidade do interior paulista, o que contribuiu com 0,23 ponto percentual para a formação do índice de inflação. Já o grupo Transportes, que inclui, além do álcool, outros combustíveis, veículos, mão-de-obra, entre outros, teve uma inflação geral de 2,07% em outubro e 0,37 ponto percentual de contribuição na formação do IPC/FIPE. Com a inflação de outubro, o índice acumulado em Ribeirão Preto de janeiro outubro de 2004 chega a 6,91% e a inflação acumulada nos últimos 12 meses atinge 6,4%. Na capital paulista, os índices acumulados ficaram, respectivamente, em 5,27% e 5,99%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.