Fitch rebaixa notas em moeda estrangeira e local da Oi

A agência de classificação de risco Fitch rebaixou os ratings (notas) em moeda estrangeira e local da Oi de BBB para BBB- e o em escala nacional de AAA(bra) para AA+(bra), incluindo emissões de notas seniores e debêntures locais. A perspectiva dos ratings permaneceu negativa. Num comunicado, a Fitch afirmou que os rebaixamentos refletem os fracos resultados operacionais e a maior alavancagem líquida. Diante desses fatores, a agência passou a prever que a alavancagem líquida permanecerá mais alta do que o esperado anteriormente para os próximos trimestres.

AE, Agencia Estado

16 de agosto de 2013 | 21h28

"Os resultados operacionais da companhia no segundo trimestre deste ano foram mais fracos que o esperado, em parte por causa de custos mais altos, alguns deles não recorrentes", afirmou a agência, acrescentando que considera altamente improvável a projeção da empresa de alcançar em 2013 um Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) na faixa de R$ 9 bilhões a R$ 9,8 bilhões.

A Fitch afirmou que a perspectiva negativa se deve à preocupação com a capacidade da Oi de reduzir a alavancagem líquida. "Uma ação negativa de rating pode ser provocada se a alavancagem líquida da companhia permanecer consistentemente nos níveis atuais", afirmou a agência. Por outro lado, a perspectiva pode ser elevada para "estável" se a alavancagem líquida diminuir para ou ficar abaixo de três vezes a atual em razão de uma melhora nos resultados operacionais e menores endividamento e alavancagem. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
OiFitch

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.