Fitch rebaixa ratings dos maiores grupos bancários do Japão

Segundo a agência de ranting, o rebaixamento 'reflete a enfraquecida capacidade financeira do governo de dar suporte para o sistema bancário'

Danielle Chaves, da Agência Estado,

20 de julho de 2012 | 09h57

A agência de classificação de risco Fitch rebaixou os ratings de probabilidade de default do emissor (IDR, na sigla em inglês) de longo prazo em moeda estrangeira e local dos grandes grupos bancários do Japão de A para A-, depois de o piso de suporte para os ratings (SFR, na sigla em inglês) ter sido reduzido de A para A-.

Os bancos envolvidos são Mitsubishi UFJ Financial Group, Mizuho Financial Group e Sumitomo Mitsui Financial Group, bem como suas subsidiárias, além do Sumitomo Mitsui Trust Bank. Com a mudança os ratings foram retirados da observação com implicações negativas. A perspectiva dos ratings agora é estável.

"O rebaixamento dos IDRs de longo prazo e dos SFRs reflete a enfraquecida capacidade financeira do governo de dar suporte para o sistema bancário conforme indicado pelo corte no rating soberano do Japão para A+ com perspectiva negativa, de AA, em maio de 2012", afirmou a Fitch em um comunicado. As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
Fitch

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.