FMI prevê crescimento de 3,3% da Alemanha em 2010

Dados recentes mostraram que a economia alemã está perdendo força, depois de um pico de 2,2% no segundo trimestre, o ritmo mais rápido da reunificação da Alemanha                                

Reuters ,

25 de setembro de 2010 | 12h27

A economia alemã deve crescer 3,3 por cento em 2010 e 2 por cento em 2011, segundo um relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI) que será divulgado no início de outubro, informou o jornal Der Spiegel neste sábado.                                 

O número está em linha com as previsões de economistas. Dados recentes mostraram que a economia alemã está perdendo força, depois de um pico de 2,2% no segundo trimestre, o ritmo mais rápido da reunificação da Alemanha.                                 

O FMI disse que as fortes exportações e o crescimento da demanda doméstica estavam por trás das perspectivas mais positivas. Em julho, o organismo multilateral tinha previsto expansão de 1,4 do PIB alemão para 2010.                                 

(Reportagem de Erik Kirschbaum)

Tudo o que sabemos sobre:
FMIcriseAlemanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.