Ford reduzirá pela metade rede de fornecedores

O vice-presidente de compras globais da Ford Motor, Tony Brown, afirmou nesta quarta-feira que a montadora pretende reduzir o número de fornecedores de longo prazo para 850 até o final de 2009, contra 1.683 no final do ano passado.

REUTERS

24 de junho de 2009 | 14h04

Brown disse ainda que os próximos três a quatro meses serão "críticos" para os fornecedores nos Estados Unidos, conforme a General Motors e a Chrysler tentam ampliar a produção.

Ele acrescentou que está monitorando de perto como a situação das duas montadoras em concordata impactará a rede de fornecedores de autopeças do país nos próximos meses.

Para o executivo, o governo dos EUA tomará alguma atitude, se necessário, para impedir um golpe contra a base de fornecedores, o que, segundo a empresa, pode derrubar a indústria automotiva.

(Reportagem de Soyoung Kim)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSFORDFORNECEDORES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.