Ford registra lucro de US$ 2,6 bi no 1º tri, o maior em 13 anos

Apesar da crise nuclear provocada pelo terremoto japonês, a Ford espera que produção global aumente para 1,5 milhões de novos carros e caminhões no segundo trimestre

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

26 de abril de 2011 | 09h12

A Ford Motor registrou o seu maior lucro líquido em 13 anos no primeiro trimestre, ajudada pela recuperação da economia mundial, um portfólio maior de veículos eficientes em consumo de combustível e o aumento dos preços, que foi impulsionado pelo movimento dos consumidores para equipar seus carros com mais recursos. Às 8h30 (de Brasília), as ações da montadora subiam 3,47% no pré-mercado em NY.

Segundo o Wall Street Journal, a montadora registrou um lucro líquido de US$ 2,6 bilhões no primeiro trimestre, ou US$ 0,61 por ação, em comparação com o lucro de US$ 2,09 bilhões, ou US$ 0,50 por ação, no mesmo período do ano passado. Excluindo encargos extraordinários, a companhia obteve um lucro de US$ 0,62 por ação, superando as previsões dos analistas que esperavam um lucro de US$ 0,50 por ação, de acordo com uma pesquisa da Thomson Reuters.

A receita da Ford subiu para US$ 33,1 bilhões no primeiro trimestre, de US$ 28,1 bilhões no mesmo período do ano passado.

Apesar da crise nuclear provocada pelo terremoto japonês, a Ford disse que espera que sua produção global aumente para 1,5 milhões de novos carros e caminhões no segundo trimestre, uma alta de 12 mil veículos em comparação com o volume produzido no mesmo período do ano passado. As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
Fordlucro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.