Forte PIB e queda do petróleo impulsionam Wall Street

As bolsas norte-americanas fecharamem forte alta nesta quinta-feira, com o declínio dos preços dopetróleo e dados mostrando que a economia se expandiu muitomais do que esperado no segundo trimestre impulsionando asprincipais ações dos setores industrial e financeiro. Os três principais índices acionários subiram mais de 1 porcento após o governo afirmar que um forte crescimento deexportações ajudou a elevar o crescimento econômico a uma taxaanual de 3,3 por cento entre abril e junho, acima da estimativapreliminar de 1,9 por cento. O índice Dow Jones teve alta de 1,85 por cento, a 11.715pontos. O Standard & Poor's 500 subiu 1,48 por cento, a 1.300pontos. O Nasdaq avançou 1,22 por cento, a 2.411 pontos. A divulgação do dado elevou o valor de importantescompanhias industriais. As ações da Caterpillar, frequentementeconsiderada um medidor econômico, subiram 3 por cento. A melhora da perspectiva econômica se juntou à mudança naalta diretoria da concessora de hipotecas Fannie Mae o queimpulsionou as ações financeiras, dando mais força ao mercado. "Os dados de hoje do PIB foram encorajadores e isso é o queo investidor realmente quer ver: uma melhora na economia",disse Bruce Zaro, estrategista chefe da Delta Global Advisors.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.