Fortes resultados e setor financeiro fazem Wall St subir

As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam a quinta-feira em alta, após várias companhias divulgarem resultados sólidos que respaldaram a avaliação de que a lucratividade das empresas está se estabilizando. Ações dos setores financeiro e de consumo foram destaque.

RODRIGO CAM, REUTERS

22 de outubro de 2009 | 19h35

O índice Dow Jones avançou 1,33 por cento, a 10.081 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,68 por cento, a 2.165 pontos. O Standard & Poor's 500 ganhou 1,06 por cento, para 1.092 pontos.

O setor financeiro esteve entre os de melhor desempenho depois que a seguradora Travelers elevou suas perspectivas para o ano fiscal, enquanto o presidente do Federal Reserve de Nova York, William Dudley, disse que o banco central pode não perder dinheiro por conta dos programas emergenciais adotados para enfrentar a crise financeira.

Os papéis do J Crew Group dispararam 15,2 por cento, após a varejista de roupas melhorar sua previsão para o terceiro e quarto trimestres, citando vendas mais fortes que o esperado e expectativa de que a margem de lucro se sustente.

"O setor financeiro claramente mostrou-se acima da média do mercado, após estar na dianteira do recuo da véspera", disse o operador sênior Michael James, da Wedbush Morgan, em Los Angeles.

Os componentes do Dow Jones 3M, AT&T e McDonald's subiram depois que seus lucros superaram as estimativas. Os papéis do banco regional PNC Financial Services avançaram 12,7 por cento, após o anúncio de um balanço trimestral muito melhor que o esperado.

O índice financeiro do S&P teve alta de 2,9 por cento.

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHAATUALIZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.