Frango: RS exporta 9% a mais em volume e 27% em receita até out

Porto Alegre, 16 - As exportações de carne de frango do Rio Grande do Sul aumentaram 9,13% em volume e 27,78% em receita entre janeiro e outubro de 2004, ante o mesmo período do ano passado, informou hoje a Associação Gaúcha de Avicultura (Asgav). As indústrias gaúchas embarcaram 474,708 mil toneladas ao exterior neste período, obtendo receita de US$ 500,817 milhões. O aumento do preço médio da tonelada no mercado externo impulsionou a receita. A cotação, que estava em US$ 901 no ano passado, subiu para US$ 1,055 mil em 2004. Com o desempenho, a produção gaúcha exportada representou 23,75% do volume embarcado pelo Brasil ao exterior e 24,25% da receita obtida. Já no mercado interno, as indústrias gaúchas continuaram tendo dificuldades em colocar sua produção fora do Rio Grande do Sul, onde as vendas seguem em retração. Entre janeiro e outubro, a comercialização de carne de frango para outros Estados caiu 14,74% em volume, para 118 mil toneladas. As vendas das indústrias locais dentro do Rio Grande do Sul caíram 13,22% no mesmo período de comparação, para 156 mil toneladas. O preço médio da saca de 60 quilos de milho para a indústria subiu 3,35% no Estado até outubro, para R$ 18,50, enquanto a tonelada de farelo de soja caiu 18,84%, para R$ 560. Ao mesmo tempo, o preço do quilo de carne de frango no varejo gaúcho diminuiu 16,13%. O número de frangos de corte abatidos entre janeiro e outubro caiu 3,86%, para 489 milhões. Já o alojamento de pintos de corte aumentou 1,29% no mesmo período. A comercialização total de carne de frango (para os mercados interno e externo) pelos frigoríficos gaúchos mostrou uma leve queda de 0,62% entre janeiro e outubro, para 749 mil toneladas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.