Fundo de pensão Tiaa-Cref comprará 36% do JK Iguatemi

A Iguatemi Empresa de Shopping Centers informa que o fundo de pensão norte-americano Tiaa-Cref concordou em adquirir os 36% detidos pela WTorre no Shopping Center JK Iguatemi. Os outros 14% detidos pela WTorre no empreendimento serão comprados pela Iguatemi, conforme divulgado mais cedo por meio de fato relevante, numa operação de R$ 178,080 milhões. Com isso, a Iguatemi elevará sua participação no JK Iguatemi de 50% para 64%.

EULINA OLIVEIRA, Agencia Estado

18 de fevereiro de 2014 | 09h17

Conforme o comunicado, no último dia 14, as partes assinaram acordo para aquisição dos 50% do JK Iguatemi pertencentes à WTorre, por um total de R$ 636 milhões. A WTorre terá direito a receber um montante adicional a titulo de agravamento do preço de compra, baseada na receita líquida de 31 de dezembro de 2016 ("earnout"). A transação está sujeita a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

"A aquisição de 14% do JK Iguatemi reforça a estratégia da Iguatemi de elevar a participação nos shoppings que já fazem parte do seu portfólio, aumentando receitas e gerando diluição nas despesas", diz a empresa, no comunicado.

"A Iguatemi mantém seu foco de atuação geográfica e continua nas regiões Sul, Sudeste e Brasília, áreas de maior poder aquisitivo e potencial de consumo per capita do País e, com público-alvo predominantemente das classes A e B, menos suscetíveis às crises e mais exigentes em termos de qualidade dos produtos e serviços oferecidos", acrescenta.

Tudo o que sabemos sobre:
Tiaa-CrefJK Iguatemicompra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.