Furacão Frances enfraquece e derruba preços do algodão e suco de laranja

São Paulo, 3 - Com o enfraquecimento do furacão Francis que atingirá a costa americana amanhã, as cotações do algodão e do suco de laranja perderam a força na Bolsa de Nova York. Os dois mercados vinham subindo nos últimos dois dias por causa do risco de o furacão prejudicar as áreas onde há plantio dessas duas culturas. De acordo com a Global Weather Services, o olho do furacão deve chegar a Melbourne, na parte centro-leste do litoral da Flórida, no sábado pela manhã. Tempestades de 175 a 500 milímetros devem cair sobre as áreas atingidas. O estado deve ter enchentes generalizadas. Mas "as chuvas simplesmente não vão ameaçar a produção", considera James Cordier, presidente da Liberty Trading. Alguns meteorologistas advertem, porém, que à medida que se aproximar do continente o Frances pode ganhar força. No caso do algodão, também espera-se que a tormenta cause chuvas nas Carolinas do Norte e do Sul, leste do Tennessee e Georgia. Mas sem prejudicar fortemente as plantações. Com isso, o algodão fechou hoje em Nova York com queda de 300 pontos, o máximo permitido pela bolsa para esse mercado. O algodão para outubro fechou 51 cents (queda de 300 pontos. O suco de laranja para setembro teve queda de 505 pontos para 74,35 cents. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

03 de setembro de 2004 | 17h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.