Fusões e aquisições em TI são recorde no semestre, diz KPMG

Foram 50 transações no total, um aumento de 8,7% na comparação do primeiro semestre deste ano com 2011

Rodrigo Petry, da Agência Estado,

22 de agosto de 2012 | 15h32

SÃO PAULO - O setor de Tecnologia da Informação registrou um aumento de 8,7% no número de fusões e aquisições no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, segundo divulgou nesta quarta-feira a KPMG. No total, foram 50 transações, representando o maior volume semestral desde que o levantamento começou a ser realizado no Brasil, em 1994.

Além disso, as fusões e aquisições da área de TI foram as maiores no primeiro semestre entre todas as 43 atividades econômicas pesquisadas pela KPMG. De janeiro a junho foram 433 operações registradas pela KPMG, o que representou 54 negociações a mais em relação ao mesmo período do ano passado. Dentre todos os segmentos, o setor representa 11,5% das transações realizadas em 2012.

Segundo a KPMG, entre as operações de fusão e aquisição, 16 foram domésticas, enquanto 34 envolveram capital estrangeiro. Foram 17 empresas estrangeiras adquirindo companhias brasileiras, três brasileiras adquirindo no exterior e 14 realizadas entre empresas de fora, mas com operação no Brasil. Desde 2008, TI lidera o ranking de fusões e aquisições do levantamento da KPMG.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.