Gafisa conclui venda de 70% de Alphaville Urbanismo

A Gafisa recebeu nesta segunda-feira, 9, o valor referente à venda de 70% da empresa de loteamentos residenciais Alphaville Urbanismo aos gestores de recursos Pátria Investimentos e Blackstone. O depósito totalizou R$ 1,54 bilhão, sendo R$ 1,25 bilhão recebido por meio de fundo pela aquisição das ações, já corrigidos por CDI, e R$ 290 milhões por meio de dividendos distribuídos pela subsidiária à controladora.

CIRCE BONATELLI, Agencia Estado

09 Dezembro 2013 | 21h53

Segundo comunicado publicado pela Gafisa, o lucro esperado com a transação é de aproximadamente R$ 458,6 milhões, líquido de impostos e despesas relacionadas. O negócio entre Gafisa e as gestoras foi anunciado em junho, mas a conclusão dependia de autorização do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e do cumprimento de condições precedentes pela Gafisa, como apresentação de certidões e licenças de projetos da loteadora. O valor de avaliação de Alphaville se manteve em R$ 2,0 bilhões, conforme anunciado anteriormente.

Com os recursos, a Gafisa estima baixar sua alavancagem (relação entre dívida e patrimônio líquido) dos 126% reportados no balanço do terceiro trimestre para 48%. A companhia irá utilizar parte desses recursos na redução de seu endividamento, amortizando pelo menos R$ 700 milhões de dívidas corporativas com vencimento nos próximos 12 meses. Esse montante representa cerca de 70% do endividamento corporativo, com vencimento até dezembro de 2014.

Uma outra parcela dos recursos será destinada ao pagamento de dividendos e/ou juros sobre o capital próprio. As estimativas iniciais da Gafisa sugerem um montante de cerca de R$ 100 milhões. Por fim, a construtora Tenda, por meio de seu conselho de administração, aprovou um programa de recompra de ações com um montante, máximo, de 32,9 milhões de ações ordinárias da Gafisa, sua controladora. O programa, no entanto, condiciona sua execução à manutenção da alavancagem em um nível igual ou inferior a 60%.

Mais conteúdo sobre:
GafisaAlphaville Urbanismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.