Galp e Shell sobem na espera por dados de bloco com Petrobras

As ações da empresa portuguesa deenergia Galp subiam fortemente nesta quarta-feira, em meio àexpectativa de um anúncio em breve sobre as operações deexploração no bloco chamado Bem-te-vi, no pré-sal da bacia deSantos, onde é sócia da Petrobras. As ações da companhia portuguesa, que também é parceira daPetrobras em outros blocos na camada pré-sal brasileira,incluindo o gigante campo de Tupi, subiam quase 6 por cento porvolta das 12h, em Lisboa. Na terça-feira, durante evento de anúncio dos resultadosfinanceiros da Galp, o presidente-executivo Manuel Ferreira deOliveira havia afirmado que os trabalhos de perfuração do poçoexploratório no bloco Bem-te-vi (BM-S-8) já haviam terminado eque um anúncio sobre os resultados poderia ocorrer em breve. "O consórcio reuniu-se ontem (segunda-feira) para deliberara comunicação que será feita ao mercado", disse Oliveira. Além de Petrobras, com 66 por cento, e Galp, com 14 porcento, também é sócia no bloco Bem-te-vi a petroleiraanglo-holandesa Shell, com participação de 20 por cento. Nesta quarta-feira as ações da Petrobras registravamnovamente forte alta na Bovespa, como ocorreu nos dois pregõesanteriores nesta semana. Por volta das 12h05, as ações da Petrobras subiam 2,5 porcento, enquanto o índice caía 0,5 por cento. As ações da Shell subiam 5,1 por cento em Londres. REUTERS MTX DL

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.