Gasto dos brasileiros no exterior bate recorde em abril

No total, foram gastos US$ 2,344 bilhões em viagens internacionais, segundo o Banco Central; dólar mais baixo incentivou viagens

Laís Alegretti e Victor Martins, da Agência Estado,

23 de maio de 2014 | 11h11

BRASÍLIA - Com a queda do dólar, o brasileiro voltou a viajar mais para o exterior. Segundo dados divulgados pelo Banco Central, o volume de despesas pagas por brasileiros no exterior foi recorde e somou US$ 2,344 bilhões em abril. Os gastos subiram 11,9% em relação a abril do ano passado.

Por outro lado, a receita obtida com turistas estrangeiros em passeio pelo Brasil foi de US$ 547 milhões, uma queda de 6,5% em relação a abril do ano passado. Com isso, a conta de viagens internacionais não fechou. Teve déficit de US$ 1,797 bilhão.

Em abril, o dólar comercial começou valendo R$ 2,26 e temrinou o mês em R$ 2,23, o que impulsionou as viagens. Atualmente está em R$ 2,21. O dólar para turismo, em geral, fica de R$ 0,10 a R$ 0,15 mais caro que o comercial.

O saldo negativo foi maior do que o visto em abril de 2013, de US$ 1,51 bilhão. No acumulado do ano, o déficit da conta de viagens soma US$ 5,900 bilhões ante US$ 5,575 bilhões vistos em igual período de 2013.

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Túlio Maciel, afirmou que a parcial de viagens até o dia 21 deste mês é de despesas líquidas de US$ 1,087 bilhão. No mesmo período, a parcial de receitas brutas está em US$ 338 milhões, enquanto as despesas brutas estão em US$ 1,425 bilhões.

A conta faz parte do balanço de serviços, que registrou déficit de US$ 4,4 bilhões no mês. As contas externas tiveram rombo recorde, de US$ 8,3 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
BCdéficit

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.