GE espera crescer dois dígitos no Brasil em 2012

A GE deverá registrar um crescimento de dois dígitos em 2012 no Brasil e na América Latina, afirmou nesta quarta-feira o presidente e CEO da GE para a América Latina, Reinaldo Garcia. "Todos os negócios da GE na parte industrial tiveram crescimento importante, e tem sido assim nos últimos anos", comentou.

LUCIANA COLLET, Agencia Estado

19 de dezembro de 2012 | 14h53

Ele avaliou que a região é propícia para o crescimento da companhia, em particular por causa da grande necessidade de investimento em infraestrutura. "A beleza da região é que, quase independentemente da situação econômica, haverá continuidade do crescimento", comentou. "A infraestrutura é conectada. Melhora em uma parte e cria necessidade em outra área", disse, ao comentar sobre os pacotes de desenvolvimento que vêm sendo anunciados pelo governo.

De acordo com ele, o Brasil é atualmente o terceiro maior mercado da área industrial da GE, atrás apenas dos Estados Unidos e da China. "Há seis ou sete anos não era assim", comentou. Entre as áreas de negócio, Garcia destacou os setores de óleo e gás, geração de energia e gerenciamento de energia.

Tudo o que sabemos sobre:
GEcrescimentoBrasil2012

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.