Gerdau investe R$ 645 mi em Pindamonhangaba-SP

Investimento vai gerar 868 novos empregos diretos 

João Carlos de Faria, da Agência Estado,

30 de maio de 2011 | 19h11

A Gerdau anunciará nesta terça-feira, 31, um investimento de R$ 645 milhões em sua planta de Pindamonhangaba, no interior de São Paulo, dos quais R$ 327 milhões serão destinados à implantação de um novo laminador e R$ 318 milhões para uma nova fábrica de produção de materiais para construção civil. O investimento vai gerar 868 novos empregos diretos.

A apresentação do projeto de expansão da Gerdau deve contar com a presença do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que é nascido em Pindamonhangaba, onde também foi prefeito, e do diretor presidente da Gerdau, André Gerdau Johannpeter.

A escolha por Pindamonhangaba ocorreu depois de uma avaliação da empresa em relação às condições oferecidas por outros municípios concorrentes. O prefeito João Ribeiro (PPS) atribui a preferência por sua cidade a uma série de fatores, como as leis de incentivos, mão de obra qualificada, presença de distritos empresariais bem consolidados e diversificados e alta taxa de crescimento econômico.

"Estamos trabalhando para atrair mais empresas para o desenvolvimento da cidade e para a geração de empregos", disse Ribeiro. O secretário de Desenvolvimento Econômico local, Álvaro Staut Neto, acredita que o investimento da Gerdau deve atrair outras empresas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • O Pix é seguro? Veja dicas de especialistas sobre o sistema de pagamentos
  • 13º salário: quem tem direito, datas e como a pandemia pode afetar o cálculo
  • Renda básica: o que é, quais os objetivos e efeitos e onde é aplicada

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.