GM antecipa dinheiro a lojistas nos EUA em troca de carro velho

A General Motors fornecerá dinheiro antecipado às concessionárias nos Estados Unidos para cobrir descontos de preços nos veículos novos enquanto os incentivos do programa do governo para troca de carros velhos estão sendo processados.

REUTERS

20 de agosto de 2009 | 11h52

A GM informou nesta quinta-feira que o plano vai fornecer liquidez aos concessionários. A iniciativa acontece à medida em que as lojas enfrentam semanas de atraso para receber o reembolso pelo governo.

O programa prevê que um total de 3 bilhões de dólares sejam distribuídos entre os norte-americanos que optarem por trocar seus carros velhos por automóveis novos, com pagamento de até 4.500 dólares pelos consumidores dispostos a realizar a compra de veículo zero quilômetro.

Um grupo que representa parte das 20 mil concessionárias de carros novos do país alertou na quarta-feira que os lojistas que fecharem vendas adicionais sob o programa de descontos podem enfrentar risco crescente de não terem dinheiro de volta.

"Dada a popularidade do programa e a rápida velocidade que as vendas envolvendo troca de carros velhos está ocorrendo, é difícil --se não impossível-- calcular com precisão quando os recursos do programa serão esgotados", disse em comunicado a Associação Nacional de Concessionárias de Veículos dos EUA.

A GM informou que as vendas nos EUA nos últimos dois meses excederam as previsões internas da companhia em mais de 60 mil veículos, principalmente motivadas pelos incentivos do governo.

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSGMAPOIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.