GM comunica recall de Agile e Montana; Mercedes-Benz convoca caminhões e ônibus

Veículos Agile e Montana têm problema no airbag; caminhões e chassis de ônibus apresentam falha de fixação do suporte de freio

Economia & Negócios

15 de julho de 2014 | 11h22

A General Motors do Brasil divulgou nesta terça-feira, 15, um recall de 410 unidades do Agile e 5.092 unidades da Montana, modelos 2014 e 2015.

Já a Mercedes-Benz, comunicou recall de caminhões e chassis para ônibus por problema no freio do eixo traseiro.

Segundo o Procon-SP, não há prazo limite para atendimento e se o consumidor enfrentar algum dificuldade para ser atendido pela empresa, deve procurar o órgão de defesa do consumidor.

Saiba mais:

GM. Veículos Agile e Montana, modelos 2014 e 2015, precisam de substituição do airbag frontal do lado do motorista. Segundo a GM, foi detectada a possível montagem incorreta de um componente no airbag frontal do lado do motorista, o que compromete a vazão do gás para o interior da bolsa, além de causar o confinamento indevido do gás no interior do gerador de gás do mesmo.

Nestas condições, informa a GM, há risco do airbag não deflagrar, podendo causar lesões graves em especial na cabeça e na parte superior do corpo do motorista. Também pode ocorrer o rompimento súbito do gerador de gás do airbag, expelindo fragmentos para o interior do veículo, com possibilidade de causar lesões graves ao motorista e aos demais ocupantes.

Os proprietários dos veículos Chevrolet Agile, modelos 2014, fabricados de 14/11/2013 até 17/12/2013, com números de chassis de ER147038 a ER163227 e Chevrolet Montana, modelos 2014 e 2015, fabricados de 1º/11/2013 até 27/6/2014, com números de chassis de EB204869 a FB119056a devem entrar em contato com a rede de concessionárias ou oficinas autorizadas.

Para agendamento e mais informações, a empresa disponibiliza o telefone 0800-702-4200 e o site www.chevrolet.com.br.

Mercedes-Benz. A empresa convocou os proprietários dos caminhões 815 ACCELO e 915E e chassis para ônibus LO 916, fabricados de fevereiro a junho de 2014 a comparecerem a uma concessionária ou oficina autorizada para verificar e, se necessário, substituir os elementos de fixação do suporte de freio no conjunto carcaça do eixo traseiro.

No comunicado, a empresa informa ter constatado que a rosca de fixação do suporte de freio do conjunto carcaça, fabricado pela Dana de México, pode estar fora dos parâmetros de tolerância. Nestas condições, em casos extremos, pode ocorrer a soltura do conjunto freio do eixo traseiro e a consequente redução do potencial de frenagem do veículo, podendo ocasionar acidentes e danos físicos aos ocupantes do veículo e terceiros.

Os modelos envolvidos são os caminhões 815 Accelo e 915E chassis (não sequenciais) de 9BM979028ES022622 até 9BM979726EB967069 e os chassis de ônibus LO 916 chassis (não sequenciais) de 9BM979277EB950161 até 9BM979277EB967689.

Para mais informações a empresa disponibiliza o telefone 0800 970 9090 e o site www.mercedes-benz.com.br.

Tudo o que sabemos sobre:
recall

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.