GM nomeia ex-executivo da AT&T como chairman da 'Nova GM'

Edward Whitacre Jr. assumirá cargo após saída da concordata; Conselho deverá elevar total de membros para 13

Danielle Chaves, da Agência Estado,

09 de junho de 2009 | 13h00

A montadora americana General Motors anunciou nesta terça-feira, 9, que o ex-chairman e ex-executivo-chefe da empresa AT&T, Edward E. Whitacre Jr., será o chairman da montadora depois que a companhia sair da concordata. O chairman interino da GM, Kent Kresa, que vai continuar no cargo até o lançamento da "Nova GM", considerou a escolha "um começo muito prometedor" para a montadora.

 

Whitacre, de 67 anos, atuou na AT&T e nas empresas que antecederam a companhia de 1990 até 2007, quando se aposentou. O executivo afirmou estar "honrado por ser capaz de servir à GM neste momento crítico e de fazer parte de sua reinvenção".

A GM informou que Whitacre e Kresa, junto com os membros do atual conselho - Philip A. Laskawy, Kathryn V. Marinello, Erroll B. Davis Jr., E. Neville Isdell e o presidente e executivo-chefe da companhia, Frederick A. Henderson - servirão como o núcleo do novo conselho da GM.

 

Os outros seis membros do atual conselho deverão se aposentar e um processo de seleção está sendo conduzido para nomear mais quatro diretores para o conselho da nova GM. Além disso, o governo do Canadá e o fundo fiduciário chamado Voluntary Employees' Beneficiary Association (Veba), ligado ao sindicato United Auto Workers (UAW), vão nomear um diretor cada, o que levará o total de membros do conselho para 13.

 

A GM pediu concordata na semana passada como parte de uma reestruturação apoiada pelo governo dos EUA que vai resultar em mais cerca de 20 mil cortes de vagas até o fim de 2011 e vai deixar o governo como proprietário majoritário da companhia. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
GMconcordatachairman

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.