GM supera por pouco Toyota em vendas globais até setembro

A General Motors parece ter superado porpouco a Toyota em vendas globais este ano, depois que odesempenho da montadora japonesa nos Estados Unidos caiu noúltimo trimestre. Apesar disso, alguns observadores do mercadoapontam para uma liderança da Toyota. A empresa japonesa, maior montadora do mundo em valor demercado (190 bilhões de dólares, nove vezes o valor da GM),informou nesta segunda-feira que suas vendas globais cresceram7 por cento no período de janeiro a setembro, para 7,05 milhõesde veículos. O volume é um pouco menor que os 7,06 milhões de veículosda GM, cujas vendas cresceram 2 por cento no período. Mas a contagem da GM inclui venda de veículos montados numajoint-venture na China da qual tem participação minoritária,carros que alguns analistas da indústria excluem. A Automotive News, publicação líder do setor, informou quea Toyota tomou a posição da rival norte-americana como maiormontadora do mundo no ano passado. A publicação exclui das vendas da GM 420.140 veículosvendidos pela joint-venture chinesa, que é controlada pela SAICMotors . Os cálculos da Toyota incluem vendas da unidade de veículoscompactos Daihatsu Motor e da fabricante de caminhões HinoMotors, nas quais a Toyota possui mais de 50 por cento departicipação. A GM divulgou na semana passada que suas vendas globaiscresceram 4 por cento para o recorde de 2,38 milhões deveículos no terceiro trimestre, apesar da queda de 6 por centonas vendas na América do Norte. A maior montadora dos Estados Unidos, que perdeu mais de 12bilhões de dólares nos últimos dois anos, está em meio a umareestruturação que inclui o corte de mais de 34 milfuncionários e fechamento de 12 fábricas na América do Norte. A Toyota está a caminho de novo lucro recorde este ano,impulsionada pelo crescimento de vendas na Europa, China emuitos mercados emergentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.