GM tem lucro líquido de US$ 932 mi na América do Sul

Mercado brasileiro representa cerca de 65% das receitas da região, que atingiram US$ 16 bilhões em 2010 

Fernando Scheller, da Agência Estado,

24 de fevereiro de 2011 | 13h02

A operação da montadora norte-americana General Motors (GM) na América do Sul apresentou lucro líquido de US$ 932 milhões no ano de 2010. Foi vendido 1,026 milhão de veículos da marca no ano passado na região. Segundo Jaime Ardilla, presidente da GM na América do Sul, o mercado brasileiro representa cerca de 65% das receitas da região, que atingiram US$ 16 bilhões em 2010. A participação da América do Sul do negócio global da GM é de cerca de 12%.

Ardilla afirma que o Brasil, ao lado da China, é o pilar do crescimento mundial da montadora nos próximos anos. A companhia pretende investir US$ 1,2 bilhão no País somente em 2011. Até o fim deste ano, a empresa prevê lançar até três modelos de veículos este ano; para 2012 estão previstos mais seis lançamentos. A GM prevê também a abertura de uma fábrica de motores em Joinville (SC) para outubro do ano que vem. "As obras civis começam em março. Dá para cumprir o prazo", afirma Ardilla.

O Brasil é hoje o terceiro maior mercado individual para a montadora. A GM vendeu 658 mil veículos no País em 2010. A expectativa para este ano é de 700 mil unidades. Os dois maiores mercados para a GM são a China e os EUA; em ambos países são vendidos mais de 2 milhões de veículos por ano.

Tudo o que sabemos sobre:
GMlucroautomóveis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.