GM vê tensão entre consumidores dos EUA sobre setor imobiliário

O presidente-executivo da GeneralMotors disse nesta terça-feira que a montadora está observandode perto o desaquecimento no mercado imobiliário dos EstadosUnidos e culpou a fragilidade do setor pelas fracas vendasveículos. Numa entrevista durante a feira internacional de automóveisde Frankfurt, o presidente-executivo da montadora, RickWagoner, afirmou que a empresa está examinando a situaçãocuidadosamente porque as perdas do mercado imobiliárionorte-americano estão sendo sentidas na indústria automotiva. "Está criado um ambiente no qual as pessoas estão um poucotensas e, quando há essa tensão, os consumidores tendem a nãogastar, demorando mais para trocar seus carros", disse Wagoner."Assim tivemos vendas razoavelmente baixas nos últimos meses". Apesar de insistir que muitos dos alicerces econômicos dosEUA estão "muito bons", Wagoner afirmou que as incertezascriaram um período "delicado" para a maior economia do mundo.

REUTERS

11 de setembro de 2007 | 14h18

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSGMVENDAS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • O Pix é seguro? Veja dicas de especialistas sobre o sistema de pagamentos
  • 13º salário: quem tem direito, datas e como a pandemia pode afetar o cálculo
  • Renda básica: o que é, quais os objetivos e efeitos e onde é aplicada

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.