Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Gol anuncia expansão de unidade de negócios especializada em manutenção

A expansão foi resultado de um estudo detalhado sobre a situação atual e as perspectivas do setor de manutenção de aeronaves no período pós-pandemia, segundo a companhia aérea

Juliana Estigarríbia, O Estado de S.Paulo

28 de março de 2022 | 14h50

A Gol anunciou nesta segunda-feira, 28, a expansão de sua unidade de negócios especializada em manutenção, reparos e revisões de aeronaves e componentes, a Gol Aerotech. A divisão localizada atualmente no aeroporto de Confins (MG) agora passa a ter mais duas unidades nos aeroportos de Congonhas (SP) e Brasília (DF).

De acordo com a aérea, a expansão foi resultado de um estudo detalhado sobre a situação atual e as perspectivas do setor de manutenção de aeronaves no período pós-pandemia. A unidade de Confins expandiu em dezembro sua capacidade produtiva de 5 para 7 linhas de manutenção. Além disso, renovou por mais 20 anos a parceria com o aeroporto.

Em Congonhas, a segunda unidade lançada da Gol Aerotech tem estrutura para realizar revisões de aeronaves e eventuais demandas de modificações e atendimento de tarefas mais complexas de pernoite.

Já na unidade de Brasília serão abrigados serviços de manutenção de duração de até 3 dias, como troca de trem de pouso e motor, pequenas modificações, inspeções de ensaios não destrutivos, podendo ter seu escopo ampliado conforme a necessidade de companhia e seus clientes, possibilitando maior número de atendimentos.

Redução de receita

No começo de março deste ano, a Gol ajustou suas projeções financeiras para o ano de 2022 devido ao aumento do custo dos combustíveis. A companhia aérea reduziu a perspectiva de receita líquida total de R$ 14 bilhões para R$ 13,7 bilhões.

A empresa passou ainda a estimar 1,2 bilhão de litros de combustível consumidos no ano, ante os prévios 1,295 bilhões. A projeção de preço de R$ 3,8 por litro passou para R$ 4,3 por litro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.