Gol faz parceria com Bradesco e BB em cartões

A companhia aérea Gol anunciou nesta terça-feira que firmou parceria com o Bradesco e o Banco do Brasil para a oferta de um cartão de crédito de seu programa de milhagem Smiles.

REUTERS

30 de junho de 2009 | 13h22

Como parte do acordo, a Gol receberá inicialmente 252 milhões de reais relativos à compra de milhas do programa pelos dois bancos.

Os recursos a serem recebidos pela companhia aérea também referem-se a direito de acesso e de utilização do cadastro dos clientes da companhia aérea pelos bancos e participação no faturamento registrado nos cartões emitidos, segundo a Gol.

Do valor total, 60 por cento será recebido até 31 de julho, 22 por cento até 31 de janeiro de 2010 e 18 por cento parcelado em mensalidades a serem pagas durante 5 anos.

O Smiles atualmente tem mais de 6,2 milhões de clientes e registra até 100 mil novos cadastros por mês, segundo a Gol.

Segundo representantes dos dois bancos, o objetivo é que a parceria gere nos sete anos de vigência do acordo a emissão de pelo menos 1 milhão de cartões.

Detalhes do acordo, como quanto cada banco comprou em milhas da companhia aérea, não foram revelados.

A expectativa é que os primeiros cartões dessa parceria sejam disponibilizados até o Natal e que o retorno dos investimentos dos bancos e da companhia aérea no programa se dará no curto prazo.

Segundo o diretor de marketing e cartões da Gol, Murilo Jaber Barbosa, a companhia aérea "não vê motivo para ampliar a emissão de cartões para outras instituições financeiras", diante do porte e da capilaridade de Bradesco e BB.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASGOLCARTOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.