Gol fecha 2010 com lucro líquido 76% menor

A Gol Linhas Aéreas obteve em 2010 um lucro líquido de R$ 214,197 milhões, o que representa uma queda de 76% ante os R$ 890,832 milhões de 2009, segundo informou hoje a companhia aérea. Os dados seguem o padrão contábil internacional (IFRS). O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 979,399 milhões no período, um resultado 76,1% maior que os R$ 556,145 milhões de 2009. A margem Ebitda foi de 3,1% e ficou 11,7 pontos porcentuais abaixo da verificada um ano antes.

SILVANA MAUTONE, Agencia Estado

23 de fevereiro de 2011 | 09h04

O Ebitdar - equivalente ao Ebitda antes das despesas com arrendamento de aeronaves (denominado em dólares), parâmetro mais avaliado pelo mercado para o desempenho operacional de companhias aéreas - somou R$ 1,535 bilhão em 2010, um crescimento de 27,2% ante montante de R$ 1,206 bilhão de 2009. A margem Ebitdar foi de 22% e ficou 2 pontos porcentuais acima do registrado em 2009. A receita operacional líquida da companhia aérea somou R$ 6,979 bilhões em 2010, um aumento de 15,8% ante os R$ 6,025 bilhões do ano anterior.

Quarto trimestre

A Gol informou ainda que obteve, no quarto trimestre de 2010, um lucro líquido de R$ 132,2 milhões, o que representa uma queda de 66,8% ante os R$ 397,8 milhões de igual período de 2009. O Ebitda foi de R$ 336 milhões no período de outubro a dezembro do ano passado, o que indica uma alta de 130,8% ante os R$ 145,6 milhões do mesmo período de 2009. A margem Ebitda foi de 18%, um resultado 9 pontos porcentuais acima da verificada um ano antes.

O Ebitdar somou R$ 475 milhões no quarto trimestre, um crescimento de 63,8% ante os R$ 290,1 milhões de igual período de 2009. A margem Ebitdar foi de 25,4%, um índice 7,4 pontos porcentuais maior que os 17,9% do quarto trimestre de 2009. Já a receita operacional líquida da companhia aérea somou R$ 1,869 bilhão, um aumento de 15,6% ante R$ 1,617 bilhão do quarto trimestre de 2009. O resultado financeiro líquido somou R$ 44,1 milhões, ante uma despesa de R$ 72,3 milhões entre outubro e dezembro de 2009.

Tudo o que sabemos sobre:
aviaçãoaviãoGollucrobalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.