Gol quer mais acordos com europeias até o fim do ano

O presidente da Gol, Paulo Sérgio Kakinoff, reiterou que a companhia negocia parcerias com empresas europeias e um acordo pode ser anunciado até o fim do ano. "Temos mais três companhias europeias com as quais estamos mantendo negociações avançadas em relação a possíveis parcerias", disse a jornalistas nesta quinta-feira, 22.

LUCIANA COLLET, Agencia Estado

22 de agosto de 2013 | 18h29

Segundo ele, as parcerias têm sido negociadas em três níveis. O primeiro seria um contrato de interline, em que as companhias fazem trabalho conjunto para distribuição dos passageiros, não necessariamente compartilhando códigos de voo. "E a Gol tem vários acordos assinados nesse modelo", explicou Kakinoff, citando acordo com a TAP. O segundo é o de codeshare, estabelecido com a Alitalia recentemente, e o terceiro é um similar ao acerto com a Delta, que prevê exclusividade na região.

Tudo o que sabemos sobre:
GolPaulo Sérgio Kakinoff

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.