Goldman quer evitar acusação de fraude em acordo com SEC, diz jornal

Segundo o Wall Street Journal, não é incomum que empresas acusadas pela SECtentem negociar um abrandamento em conversas para acordos

Reuters,

28 de maio de 2010 | 09h47

O Goldman Sachs espera contornar as acusações de fraude como parte de um acordo envolvendo o processo aberto pela Securities and Exchange Commission, órgão regulador do mercado de capitais norte-americano, afirmou o Wall Street Journal nesta sexta-feira, citando pessoas familiares com a questão.

Advogados do Goldman se encontraram com representantes da SEC pelo menos uma vez desde que o processo foi aberto, afirmou o jornal. Não ficou claro como a SEC respondeu às indicações do Goldman de que a empresa espera chegar um acordo para reduzir a acusação do nível de fraude, segundo o WSJ.

O periódico informou ainda não ser incomum que empresas acusadas pela SEC tentem negociar um abrandamento em conversas para acordos.

A SEC acusou o Goldman de criar e comercializar um produto de débito ligado a hipotecas subprime sem informar aos investidores que um fundo de hedge que escolheu os ativos apostava contra eles. O Goldman negou a conduta. O Goldman e a SEC não comentaram a reportagem. Ambos não puderam ser imediatamente contatados pela Reuters.

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSGOLDMANSEC*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.