Google lidera publicidade móvel

No ano passado, o Google embolsou US$ 4,61 bilhões em anúncios veiculados em smartphones e tablets - mais da metade (52,3%) do total no setor. Segundo estudo da eMarketer, em 2013 esse valor deve atingir US$ 8,85 bilhões, quase o dobro.

AE, Agencia Estado

17 de junho de 2013 | 09h13

A gigante de buscas, no entanto, já tem um forte concorrente em crescimento: o Facebook. Estima-se que a rede social pode quadruplicar a receita em 2013, alcançando US$ 2,04 bilhões. Com esse valor, o Facebook, que em 2011 ainda não gerava nenhuma renda com publicidade móvel, terá uma fatia de 12,5% do mercado.

O Twitter é um concorrente modesto. Recebeu US$ 140 milhões de anúncios móveis no ano passado. O valor deve dobrar para US$ 310 milhões em 2013, provocando um aumento leve de participação da empresa - de 1,57% para 1,95% do setor.

Juntos, Google, Facebook e Twitter dominam mais de 60% do mercado de publicidade móvel no mundo. Empresas como Apple, Pandora, YP e Millennial Media têm perdido participação na área, apesar de manterem negócios fortes e também em rápido crescimento. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
Googlepublicidade móvel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.