Governador da Califórnia declara estado de emergência fiscal

Governador Arnold Schwarzenegger pressiona parlamentares para negociar orçamento que atenda déficit de US$ 19 bi

Reuters,

28 de julho de 2010 | 18h45

Aumentando a pressão sobre parlamentares para negociar um orçamento estadual que atenda um déficit de US$ 19 bilhões, o governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, declarou nesta quarta-feira estado de emergência sobre as finanças.

Na declaração, Schwarzenegger ordenou três dias de licença por mês a partir de agosto para milhares de funcionários públicos, de modo a preservar o caixa do Estado e encontrar maneiras de honrar as obrigações da dívida e os serviços essenciais.

O orçamento da Califórnia está atrasado várias semanas. Schwarzenegger e os principais parlamentares estão num impasse sobre como equilibrar as contas.

Analistas dizem que pode demorar outras várias semanas até que o governador republicano e líderes democratas cheguem a um acordo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.