Governo autoriza capitalização de R$ 4,8 bi da Eletrobras

O governo autorizou hoje, por meio de decreto publicado no Diário Oficial da União, a capitalização da Eletrobras. Conforme já havia sido anunciado pela própria empresa, a capitalização de R$ 4,8 bilhões será feita por meio da conversão em ações do saldo de uma conta conhecida como Adiantamento para Futuro Aumento de Capital (AFAC) que é um crédito do Tesouro Nacional e do BNDES, junto à Eletrobras. O valor refere-se ao saldo do AFAC de 31 de março passado e será atualizado pela Selic até a data da Assembleia Geral Extraordinária de acionistas, que vai confirmar a operação. O principal objetivo da Eletrobras é limpar o seu balanço da despesa financeira causada por essa dívida que está retida no Tesouro e no BNDES.

LEONARDO GOY, Agencia Estado

23 de setembro de 2010 | 18h41

Tudo o que sabemos sobre:
energiacapitalizaçãoEletrobras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.