Governo estima safra de café 2005/06 entre 30,7 mi e 33 mi de sacas

Brasília, 10 - O governo divulgou há pouco a primeira estimativa para a safra de café 2005/06, que será colhida a partir de abril do ano que vem. A produção está estimada no intervalo de 30,7 milhões e 33 milhões de sacas de 60 kg. Desse total, a produção de café arábica deve ficar entre 21,7 milhões a 23,4 milhões de sacas. A safra de conillon deve ficar entre 9,2 milhões e 9,6 milhões de sacas. Os números da safra estão sendo divulgados pelo diretor do Departamento de Café, Vilmondes Olegário da Silva, do Ministério da Agricultura. O governo divulgou também o último levantamento para a safra de café 2004/05, cuja colheita terminou em novembro em algumas regiões. A produção foi estimada em 38,6 milhões de sacas de 60 quilos. Na estimativa anterior, divulgada em agosto, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) havia estimado a safra em 38,2 milhões de sacas. O número é o consolidado para a safra 2004/05. Do total previsto, a produção de café da variedade arábica soma 31,110 milhões de sacas e as 7,557 milhões de sacas restantes de robusta. A produção de café em Minas Gerais ficará no intervalo de 12,998 milhões e 14,242 milhões de sacas de 60 kg na safra 2005/06. Desse total, entre 12,968 milhões e 14, 212 milhões de sacas são de café arábica, outras 30 mil sacas serão produzidas pelos cafeicultores de Minas da variedade robusta. A produção no Espírito Santo será de 7,870 milhões a 8,130 milhões de sacas. A maior parte desse café será da variedade robusta. A produção do Espírito Santos foi estimada para esta variedade entre 5,850 milhões e 6,050 milhões de sacas. A produção capixaba de arábica ficará no intervalo entre 2,020 milhões e 2,08 milhões de sacas. A produção de café no Estado de São Paulo na safra 2005/06 ficará entre 2,95 milhões e 3,3 milhões de sacas de 60 quilos. A safra paulista de café é só da variedade arábica. No Paraná, a produção é estimada entre 1,55 milhão a 1,63 milhão de sacas, também só da variedade arábica. A safra de café da Bahia foi estimada pelo governo entre 2,1 milhões e 2,27 milhões de sacas. Deste total, a produção de arábica foi estimada no intervalo de 1,75 milhão e 1,89 milhão de sacas. A produção de robusta foi estimada entre 350 mil e 380 mil sacas. Em Rondônia, os cafeicultores devem colher entre 2,090 milhões e 2,180 milhões de sacas na safra 20905/06. A safra de café em Rondônia é só da variedade robusta. Vilmondes Olegário da Silva disse que a segunda previsão para a safra 2005/06 será divulgada no dia 22 de abril, a terceira no dia 12 de agosto e a quarta no dia 8 de dezembro de 2005. Ele disse também que as exportações de café devem render US$ 2 bilhões neste ano. No acumulado até novembro, os embarques renderam US$ 1,8 bilhão.

Agencia Estado,

10 de dezembro de 2004 | 17h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.