Governo lança amanhã campanha de vacinação contra aftosa no Pará

Brasília, 3 - O governo vai lançar oficialmente amanhã (4), em Santarém, no Pará, a campanha de vacinação contra febre aftosa no estado. Até o final de novembro, a meta é vacinar 100% do rebanho bovino e bubalino do Pará, informou a assessoria de imprensa do Ministério da Agricultura. O rebanho bovino é estimado em 15 milhões de cabeças. Outros 254 mil bubalinos são criados em fazendas do Estado. O delegado federal de agricultura no estado, Moisés Moreira dos Santos, explicou que o Pará foi dividido em três áreas para efeito de vacinação. A área 1, formada por 43 municípios das regiões sul e sudeste, já é considerada livre da doença, com vacinação pelo ministério e aguarda o reconhecimento da Organização Mundial da Saúde Animal (OIE). A área 2 (no nordeste do Pará), com 60 municípios, é considerada de risco médio e a área 3 (com 16 municípios, no Baixo Amazonas) de alto risco. Só a Ilha de Marajó, que integra a área 3 e cujo rebanho foi vacinado entre 15 de agosto e 30 de setembro últimos, não participará desta vacinação. A iniciativa envolve a participação da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (ADEPARÁ), Delegacia Federal de Agricultura (DFA/PA) e Federação da Agricultura do estado (FAEPA). Neste ano, um foco de febre aftosa foi registrado no município de Monte Alegre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.