Governo multa operadora Oi em R$ 3,5 milhões por prática abusiva ao consumidor

No primeiro trimestre do ano a operadora registrou lucro de R$ 227,5 milhões

Luci Ribeiro, Agência Estado - Texto atualizado às 13h

23 de julho de 2014 | 08h52

BRASÍLIA - O Ministério da Justiça aplicou multa de R$ 3,5 milhões à empresa TNL PCS, da operadora Oi, por prática abusiva ao consumidor. A decisão, assinada pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), vinculado à Secretaria Nacional do Consumidor, está publicada no Diário Oficial da União. 

O documento informa que o assunto do processo administrativo aberto contra a empresa foi: "Prática abusiva. Violação aos princípios da boa-fé e ao direito à privacidade". 

Segundo o Ministério da Justiça, a empresa foi multada por monitorar e vender a anunciantes dados de navegação de assinantes do serviço Velox

O valor da multa deverá ser depositado em favor do Fundo de Defesa de Direitos Difusos. 

Vale lembrar que no primeiro trimestre do ano a operadora registrou lucro de R$ 227,5 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
oitelefonia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.