Governo negocia com a Argentina liberação de calçados brasileiros

 Em nota, o Ministério do Desenvolvimento afirmou que a Argentina, um dos principais destinos de produtos manufaturados brasileiros, tem feito exigências a todos os seus parceiros comerciais

Renata Veríssimo, da Agência Estado,

29 de setembro de 2011 | 21h19

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) informou há pouco que está fazendo esforços junto ao Ministério da Indústria da Argentina para que ocorra nos prazos mais curtos possíveis a liberação das licenças de importação de calçados brasileiros parados na alfândega.

Em nota, o MDIC afirma que a Argentina, um dos principais destinos de produtos manufaturados brasileiros, tem feito exigências a todos os seus parceiros comerciais. Afirma ainda que as licenças de importação para produtos brasileiros têm sido concedidas em menor tempo do que para outros países. "Esse contexto impõe ao Brasil o desafio da negociação constante, uma vez que as dificuldades são cíclicas", informou o Ministério na nota.

O MDIC disse que está em contato permanente com o setor privado e é sensível às dificuldades enfrentadas pelos exportadores brasileiros. Afirmou também que problemas pontuais são naturais entre países com corrente de comércio grande, como Brasil e Argentina. "A Argentina é o terceiro maior parceiro comercial do Brasil, com uma corrente de comércio acumulada de janeiro a agosto de 2011 de US$ 25,6 bilhões e um superávit de US$ 3,7 bilhões em favor do Brasil", informou a nota. 

Tudo o que sabemos sobre:
calçadosexportaçõesArgentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.