Governo pode adotar novas medidas para restringir dólar, diz Pimentel

Segundo ministro do Desenvolvimento, governo poderá aumentar o rigor na entrada de investimentos não produtivos no País

Lu Aiko Otta, de O Estado de S. Paulo,

29 de junho de 2011 | 11h16

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comercio Exterior, Fernando Pimentel, disse nesta quarta-feira, 29, que o governo pode adotar novas medidas para restringir o trânsito de dólares no mercado financeiro brasileiro. Em reunião na Comissão de Desenvolvimento Econômico da Câmara, Pimentel foi questionado sobre medidas emergenciais para elevar a cotação do dólar. Pimentel respondeu que esse não é o tema de sua pasta, mas ressalvou que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, tem feito o que é possível, dentro do regime de câmbio flutuante.

"O que ele está fazendo, e acho que vai fazer mais, é aplicar um rigor maior na entrada de investimentos não produtivos. Coloca IOF na entrada, e no limite pode estudar uma regra de quarentena", afirmou. Pimentel ressaltou, no entanto, que o regime de câmbio flutuante não será abandonado.

Tudo o que sabemos sobre:
governodólarentradacapitaisIOF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.