Governo reconduz Ragazzo para Cade e nomeia ministro para Superior Tribunal Militar

No início do mês, o Cade corria o risco de ficar sem quórum para as decisões do colegiado

Rosana de Cassia, da Agência Estado,

29 de julho de 2010 | 09h06

O conselheiro do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Carlos Emmanuel Joppert Ragazzo, foi efetivamente reconduzido ao cargo. O decreto foi publicado nesta quinta-feira, 29, no Diário Oficial da União.

O Cade corria um sério risco, no início deste mês, de ficar sem quórum para as decisões do colegiado. Isso porque a recondução de Ragazzo dependia de aprovação do Senado, antes do recesso parlamentar de julho. A recondução foi aprovada no dia 8. Mas por falta de quórum, os nomes de outros dois conselheiros - Olavo Chinaglia e Vinícius Carvalho - deverão ser apreciados somente em agosto, no esforço concentrado marcado para o início do mês.

A edição do D.O. Traz ainda a nomeação do almirante-de-esquadra Marcos Martins Torres para o cargo de ministro do Superior Tribunal Militar, na vaga destinada ao Oficial-General da Marinha, decorrente da aposentadoria do Ministro Marcos Augusto Leal de Azevedo.

Tudo o que sabemos sobre:
Cadecarreira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.