Governo retira 41 blocos da 9a rodada após descoberta

O ministro interino de Minas eEnergia, Nelson Hubner, anunciou que o governo vai retirar danona rodada de licitações de blocos de petróleo e gás os blocosrelacionados a possíveis reservatórios da área pré-sal nasbacias de Espírito Santo, Campos e Santos. Segundo resolução do CNPE (Conselho Nacional de PolíticaEnergética), divulgada nesta quinta-feira, o governo retira danona rodada 41 blocos de áreas de elevado potencial de petróleoe gás. A decisão foi tomada após a confirmação nesta quinta-feirada maior reserva de petróleo e gás já descoberta pelaPetrobras, no campo de Tupi, na Bacia de Santos, com volume deaté 8 bilhões de barris de óleo equivalente. "Estávamos tratando a política de petróleo do país de umamaneira mais modesta, pequena. E com essa descoberta o país setorna exportador", disse a ministra-chefe da Casa Civil DilmaRousseff, após reunião extraordinária de quase 5 horas do CNPEno Rio de Janeiro, que contou com o presidente Luiz Inácio Lulada Silva e vários ministros. "É a preservação da soberania do país, mas mantendo noleilão outras áreas que não tenham nenhuma interface com adescoberta", acrescentou a ministra. Segundo ela, com a exclusão dos 41 blocos, restaram 271para o leilão, que está marcado para o final desse mês.

DENISE LUNA, REUTERS

08 de novembro de 2007 | 16h46

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAANPRODADA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.